quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Botando a cabeça para funcionar nº 01

A Chica está retornando de suas férias 
e nos convida a brincar 
E nesta brincadeira ela nos oferece
uma bela imagem para que possamos
nos inspirar e escrever o que a nossa sensibilidade
ditar quando olhamos para a foto.
E a imagem de hoje é...
A dança do coqueiro

Vento que passa suave
balança as folhas do coqueiro
no seu farfalhar manso
traz-me à lembrança
os tempos de minha infância
o meu cabelo de trança
o meu amor primeiro

O tempo sempre apressado
não dá sossego ao coqueiro
e num bailado frenético
balança as folhas do coqueiro

Ó vento... não sei se agradeço
por trazer lembranças da infância
não sei se choro ou se rio
com a bela dança do coqueiro
que levou meus pensamentos
por caminhos longínquos
guardados a sete chaves
na memória da infância
quando passeava risonha
por ente as folhas do coqueiro
(Gracita)

26 comentários:

  1. Adorei gracita. Que ideia super gira :)
    Beijinho
    elisaumarapariganormal.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  2. Uma poesia dançante que nos faz pensar em ser dançarinos e fazer parte desse dançar.
    Linda participação Gracita.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  3. Belo poema, Gracita! As boas lembranças trazem vida e esperanças multiplicadas...
    Um beijo

    ResponderExcluir
  4. MARAVILHOSO!!AMEI!!

    Beijinhos e parabéns

    ResponderExcluir
  5. Adorei tua inspiração e adoro "perder" tempo olhando essa linda dança! Obrigadão, bjs, tudo de bom,chica ( levei o link)

    ResponderExcluir
  6. Boa tarde, querida amiga Gracita!
    Que espetacular! Muitíssimo inspirado seu poema!
    Também passeei muito entre coqueiros pois meu pai fez um coqueiral alado em casa...
    Bjm muito fraterno

    ResponderExcluir
  7. Que delícia sentir o farfalhar das folhas do coqueiro neste bailado encantador
    Muito lindo o seu poema, Gracita!
    Beijokinhas

    ResponderExcluir
  8. Parabéns, Gracita, pelo excelente poema.
    Interessante como uma folha de palmeira pode mexer com as emoções!
    Brilhante a sua inspiração!
    Beijinhos,
    Ailime

    ResponderExcluir
  9. Querida Gracita,

    A imagem belíssima e que belíssima inspiração a sua;
    com uma rica e bela imagética a nos conduzir a dança
    do coqueiro na dança do tempo, bordado pelas suas
    memórias de infância...
    Parabéns pelo poema encantador!!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Oieeeee Gracita
    Ooowwwnnnn que fofo esse poema!
    Me levou de volta à infância <3
    E que título mais encantador: a dança do coqueiro é ao mesmo tempo meigo e alegre :)
    Ameeeeei sua criatividade, parabéns!
    Bjs Luli
    Café com Leitura na Rede

    ResponderExcluir
  11. Por aí não falta inspiração...mais um bonito poema!

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderExcluir
  12. Um belo poema muito bem ilustrado por uma magnifica fotografia.
    Um abraço e boa semana.
    Andarilhar || Dedais de Francisco e Idalisa || Livros-Autografados

    ResponderExcluir
  13. O que dizer da inspiração de uma grande poetisa???
    Que o poema é fabuloso!!!!! Quem diria que uma folha de coqueiro iria despertar versos tão espetaculares. Parabéns Gracita
    Um abraço

    ResponderExcluir
  14. Bom dia, Gracita querida
    Doces recordações por aqui.
    Aplausos pela belíssima participação!
    Um beijinho carinhoso de
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  15. Gostei do desafio da nossa amiga Chica e do poema que lhe inspirou

    Beijinhos a ambas, linda

    ResponderExcluir
  16. Uma ideia interessante.
    Da qual nasceu um excelente poema.
    Gostei imenso, parabéns.
    Gracita, continuação de boa semana.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  17. Parabens Gracita! Honrou muito bem o desafio da Chica.
    O poema é maravilhoso,a ilustr-lo a belissima foto da folha do coqueiro.
    Bjs

    ResponderExcluir
  18. Um poema bem inspirado pela bonita fotografia.
    Bjn
    Márcia

    ResponderExcluir
  19. Que lindo Gracita!
    Voce deu um show com suas lembranças infantis numa linda poesia.
    Gostei e aplaudo amiga.
    Um lindo bom fim de semana com paz e alegrias.
    Bjs de paz.

    ResponderExcluir
  20. Mais um desafio superadíssimo!
    Um magnífico poema que remete para as recordações de infância... e que se adequa impecavelmente à belíssima imagem sugerida pela Chica!
    Ambas estão de parabéns!
    Beijinhos
    Ana

    ResponderExcluir

A sua amizade e presença são os alicerces que sustentam esse cantinho. Seja Feliz aqui! Volte sempre que o seu coração sentir saudades. Um beijo com afeto, Gracita.