domingo, 12 de novembro de 2017

Crueldade sem limite

Amanda ficou olhando para a tela de seu PC sem entender o porquê alguém escrevera aquilo, com que intuito? Queria poder entender o que faz uma pessoa ser tão amarga e cruel para cometer tamanha violência contra um ser humano escrevendo palavras tão duras e ofensivas. Será que era uma pessoa conhecida ou alguém que passara passara por ali e resolvera descarregar todo seu ódio e dor em uma única pessoa que teve a infelicidade de estar em seu caminho virtual. Pensou ser uma figura feminina pela maneira de escrever.  Talvez estivesse enganada. Ela e seu único amigo que fizera no curso de psicologia ficavam analisando as pessoas em segredo, não profissionalmente e sim por pura diversão. Há muito queria deixar o curso por não se adaptar, não era o que sonhara para sua vida, porém o que queria realmente não importava. Ter um diploma em mãos seria o maior orgulho para seus tutores. Voltou a se fixar na tela, sempre se distraía quando lembrava no quanto estava infeliz, será que a intenção daquela pessoa cruel era acabar ainda mais com seus dias?
Resolveu imprimir aquela página para analisá-la junto com seu amigo. Não conseguia desgrudar os olhos da tela. Entrou em transe hipnótico. A maldade daquelas palavras feriu seu sensível coração com a força de um punhal. A mensagem era hedionda. A pessoa começava assim... "Você que está neste momento lendo estas palavras é uma hipócrita. Teu coração de pedra desconhece o amor. A palavra amizade não tem significado para você. O teu fingimento é ignóbil e o perdão foi engolido pelo teu orgulho. Você que se acha melhor e mais competente do que os pobres mortais é um verme repugnante. De tua boca maléfica escorre o veneno peçonhento de uma cascavel."
Completamente sem rumo e abalada pela força daquelas palavras Amanda sai de casa em busca da ajuda que o amigo poderá  lhe oferecer. Caminha pelas ruas desertas e não consegue perceber o absurdo da situação. Ela está tão transtornada que não se dá conta que havia saído  no meio da madrugada. Ao passar debaixo de uma árvore um pio horripilante penetra nos seus ouvidos fazendo-a estremecer de pavor. Mais alguns passos e lá está Amanda gritando pelo amigo. Atordoado com aquela gritaria ela chega na janela e ao vê-la corre a abrir a porta para que ela adentre em sua casa. Sem uma palavra Amanda cai nos seus braços chorando. Ele afaga teus cabelos até fazê-la se acalmar. Sentam-se no tapete da sala e ela entrega-lhe o papel.
Depois de um chá calmante ela consegue transmitir o que se passa em seu íntimo. Ele então lhe disse:
_ Amanda, mas isto é muito fácil descobrir. Vamos até sua casa.
Saíram. Fernando releu o texto e fez um rastreamento no PC. Descobriu que aquela mensagem cruel havia sido enviada por uma colega da faculdade muito conhecida no meio acadêmico por suas brincadeiras cruéis. Criou um blog e nele destilava a sua falsidade, a sua inveja e o seu veneno. Uma pessoa de má índole.
           Esperaram o dia amanhecer e foram até o fórum da cidade. Acompanhados pelo pai de Fernando que é  advogado eles protocolaram na vara de família um processo por calúnia e difamação e ainda exigiram ressarcimento. Como punição para aquele ser desprezível o juiz expediu um mandato para que ela retirasse imediatamente aquele blog do ar.
E aqui termina mais uma história onde o bem sempre prevalecerá sobre o mal.

                                                             (Gracita)

22 comentários:

  1. Infelizmente, há pessoas sem escrúpulos, que se escondem atrás de um computador para dizer as maiores barbaridades.

    Beijinhos*

    ResponderExcluir
  2. Um relato que nos faz sentir repúdio por esse tipo de pessoa tão comum em nossa sociedade nos dias de hoje onde as pessoas sentem inveja do Bem Estar do outro, se escondem na sombra da mídia e haja destilar seu veneno. Crônica oportuna que deveria ser lida por muitas pessoas; Parabéns pela sensibilidade Querida Gracita.

    Feliz semana!

    Bjss!

    ResponderExcluir
  3. Bom dia. Foi com toda a atenção que li esta história que, mesmo podendo ser fictícia, a verdade é que existem pessoas que fazem da crueldade das suas palavras e comportamentos, autênticos rituais de maldade. Muitas vezes duas palavras clarificam e classificam essa maldade: Inveja e Ciúme.
    ....................................
    [ Poema: "" Rascunhos de amor escritos por caneta sem tinta "" ]
    .
    Deixo cumprimentos e um abraço amigo
    .

    ResponderExcluir
  4. Que bom que3 acabou bem e que pena existam pessoas que gastam tempo e energia pra prejudicar os outros.Haja!! Tem mesmo que agir e processar tais casos. Belo conto tão real nos dias de hoje! bjs, chica

    ResponderExcluir
  5. Infelizmente acontece vezes de mais!
    Importa refletir!!!bj

    ResponderExcluir
  6. Excelente! Não sei se real ou fictício, mas que pode acontecer. pode!!

    Beijinhos e um excelente semana

    ResponderExcluir
  7. Gracita,real ou fictício esse relato,infelizmente existem pessoas assim e temos que nos livrarmos delas,pois isso só nos traz mágoas.
    Bjs querida.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  8. Mais cedo ou mais tarde, o bem vence sempre. Boa história.

    Beijinho || Daniela Silva | Blog
    Novo horário, de 2ª a 6ª às 19h, post novo!

    ResponderExcluir
  9. Esse relato, mesmo sendo fictício, mas mostra um fato que existe na vida real e essa história, bem feita, é uma bússola para orientar os que navegam nas redes sociais e estão expostos a esse tipo de maldade.
    Beijos no coração!

    ResponderExcluir
  10. ola amiga pois é hoje em dia ha cada vez mais pessoas que so querem mesmo mal aos outros mt bem escrito este texto parabens gostei mt bjs

    ResponderExcluir
  11. Amiga Gracita, infelizmente há pessoas que se vestem de cordeiro, para conseguir os seus fins, mas mais cedo ou mais tarde, acabam por se revelar. Adorei o seu conto. Boa semana e beijos com carinho

    ResponderExcluir
  12. É uma situação que acontece várias vezes, infelizmente, mas a verdade sempre aparece e o bem sempre triunfa para os merecedores.
    Tenha uma ótima terça feira.

    ResponderExcluir
  13. OLá Gracita:
    infelizmente muita gente passa por isso.
    muita gente coloca o moderador para evitar que sejam publicadas estas coisas !!
    já me ofenderam uma vez do nada com palavras horríveis..
    outra vez uma francesa me denunciou como spam para o google.
    o google me avisou que eu podia perder o direito de ter o meu blog. imagina que gente maldosa.
    gente doente.
    mas seu texto é muito bom e mostra como a gente fica mesmo muito aborrecida com isso, pois ninguém é de ferro.
    grande abraço !!
    :o)

    ResponderExcluir
  14. Infelizmente existem pessoas assim, sempre focadas a prejudicar a vida dos outros.
    Bjs

    ResponderExcluir
  15. Existem muitos lobos escondidos em pele de cordeiro prontos para humilhar e ofender
    O teu conto nos propicia uma excelente reflexão Gracita
    Um abraço

    ResponderExcluir
  16. Infelizmente tem tanta gente que faz isso. Por inveja? Ódio?
    Sei que td isso mostra como a pessoa é pobre de espírito.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  17. Uma historia bem enredada Gracita para uma critica e alerta para esta coisa hoje tão comum. Gente que não tem o minimo de consciência a espalhar suas frustrações sem medir os efeitos de seus atos e merecem cadeia mesmo. Esta coisa é cada vez mais frequente e as novas leis para esta área devem ser cobradas com rigor e não se deve aliviar mesmo.
    Gostei.
    Um abração com saudades.
    Bjs

    ResponderExcluir
  18. Um relato bem real. E quem sofre desse bullying cibernético tem que denunciar para que pessoas que agem de má fé paguem na justiça as suas frustrações
    Um conto excelente! Gostei
    Bjim

    ResponderExcluir
  19. Uma crítica e um alerta valioso. Todos que sofrem com estas aberrações de pessoas de má índole devem denunciar para que recebam a punição merecida. Quem sabe possam aprender e deixem de cometer calúnias contra o próximo. Gostei muito de te ler
    Beijokinhas

    ResponderExcluir
  20. É incrivel como as pessoas cada vez mais se escondem por detrás de um computador e soltam o mal que têm dentro delas. Belo texto minha amiga!
    beijos

    https://strawberryleopard.blogspot.pt/

    ResponderExcluir

A sua amizade e presença são os alicerces que sustentam esse cantinho. Seja Feliz aqui! Volte sempre que o seu coração sentir saudades. Um beijo com afeto, Gracita.